arqa—Arquitectura e Arte Contemporâneas — Portuguese Contemporary Architecture and Art Magazine

Edições

por: Arq|a

#137

[NON] URBAN

Índice

NON-URBANO NON/URBAN

A cidade contemporânea, constrói-se a partir da assimilação e integração das periferias. No contexto de uma trans-urbanidade que, aparentemente, já não distingue o que é urbano do que é rural, e que já não consegue distinguir os limites físicos do que é ordenado ou desordenado, onde afloram conceitos de hibridização do território como sub-urbano, peri-urbano ou rur-urbano e onde vários continentes sofrem uma intensa colonização do seu território com vastas bolsas construídas sem ordenamento programado, onde a pressão demográfica é sensível , a arquitectura tem conseguido e sabido mover-se.

Para os arquitetos são territórios híbrido ,mistos e flutuantes que suscitam o imaginário na procura de novas abordagens capazes de processarem a invenção. O desenho destes territórios, profundamente contraditórios, enquanto territórios abertos á especulação projetual,  passa cada vez mais por um exercício de idealizações cada vez mais plural, incapaz de prescindir de processos criativos eminentemente singulares e pessoais.

The contemporary city is built with the assimilation and integration of the peripheries. In the context of a trans-urbanity that, apparently, no longer distinguishes what is urban from what is rural, and which is no longer able to distinguish the physical limits from what is ordered or disordered, where emerge concepts of hybridization of the territory – such as sub-urban , peri-urban or rur-urban- and where several continents suffer an intense colonization of their territory with vast built areas without a planned order, where the demographic pressure is sensitive, architecture has managed to insinuate itself.

For architects, they are hybrid, mixed and floating territories that raise the imagination in the search for new approaches capable of processing the invention. The design of these territories, which are deeply contradictory, as territories open to project speculation,  involves an exercise of increasingly plural idealizations, unable to dispense eminently unique and personal creative processes.

 (…)

Mar 2020

Outros artigos em Edições

Imagem - #138

#138

Clicar para índice Neste tempo de clausura forçada por um vírus homicida, a nossa casa provou ser muito limitada. Como será a casa do futuro? Com muita tecnologia, sim. Mas… 

Jul 2020

Imagem - Edição 136

Edição 136

Indice João Álvaro Rocha 1959-2014 A arqa dedica este seu número à obra de João Álvaro Rocha, arquiteto do Porto, que desapareceu prematuramente em 2014, com apenas 55 anos de… 

Dez 2019

Arquivo de Edições