arqa—Arquitectura e Arte Contemporâneas — Portuguese Contemporary Architecture and Art Magazine

Projectos

Centro de Convenções de Madrid | Madridís international ConferenCe Hall

Arquiteto Architect Nuno Montenegro (M.AR studio)

Datas Dates 2008-2010

Localização Location Madrid, Espanha

Cliente Owner Ayuntamiento de Madrid

Áreas Surface 70.000 m2

Custo Cost 84.000.000,00 €

Estruturas Structure Arup Eletricidade Electricity Arup Inst.Mecânicas Engineering Arup

Águas e Esgotos Water Supply and Sewer System Arup

Paisagismo Landsdcaping Nuno Montenegro (M.AR studio)

Fotografia Photos Nuno Montenegro (M.AR studio)

 

[see english below]

O ayuntamiento de Madrid lançou um dos maiores concursos para a conceção do Centro internacional de Convenções da Cidade de Madrid (CiCCM). o centro constituiria um ponto de encontro para a celebração de reuniões e eventos culturais a nível internacional. O centro contribuiria para a criação de um novo centro financeiro localizado no tramo final do eixo da avenida Castellana, por entre as quatro torres da antiga cidade desportiva. dominique Perrault e João luís Carrilho da Graça estiverem presentes no corpo de júri, entre um conjunto de figuras relevantes da arquitetura e da sociedade espanhola. Entre os concorrentes figuravam nomes como Zaha Hadid e o atelier Mansilla y Tunon, que terminou vencedor do concurso. O nosso projeto ficou classificado em segundo lugar, depois de duas fases muito competitivas, originando um destaque imediato na im
prensa de Madrid, pelo desconhecimento generalizado da existência do nosso gabinete. O nosso CICCM é um salão urbano de expressão monumental, que se estende numa espécie de horizontal constante, interrompida por rampas de transição entre dois planos principais. Imaginamos uma viagem a um espaço sem tempo, numa arquitetura sem tempo, replicada de um percurso natural que se procura trazer da cidade para o interior. E do interior para a cidade. Sem que exista um claro limite entre estas duas realidades que se procuram aproximar. o edifício é mais cidade que edifício. É materialização urbana num espaço onde as paredes e tetos estão ausentes e dão origem a planos que cruzam o espaço sem aparente controlo espacial. É exemplo de uma arquitetura criada sem grandes preconceitos disciplinares, puramente centrada na cidade e nas pessoas.

 

The Municipality of Madrid has launched one of the largest competitions for the design of the International Convention Center of the City of Madrid (CICCM). The center would be a meeting point for international meetings and cultural events. The center would contribute to the creation of a new financial center located in the final section of the axis of the Castellana avenue, among the four towers of the old sports city. Dominique Perrault and João Luís Carrilho da Graça were present in the jury, among a group of relevant personalities in the field of architecture and Spanish society. Competitors included names like Zaha Hadid and Mansilla y Tunon, who won the final phase of the competition. Our project was ranked second, after two very competitive phases, giving rise to an immediate prominence in the Madrid press, due to the general lack of awareness of the existence our architecture office. Our CICCM is an urban hall of monumental expression, which extends in a kind of constant horizontal, interrupted by transitional ramps between two main planes.
We imagine a trip to a space without time, in an architecture without time, replicated of a natural route that one tries to bring from the city to the interior. And from the interior to the city. Without there being a clear limit between these two realities that are tried to approach. The building is more city than building. It is urban materialization in a space where walls and ceilings are absent and give rise to planes that cross space without apparent spatial control. It is an example of an architecture created without great disciplinary bias, purely centered on the city and the citizens.

Set 2019