arqa—Arquitectura e Arte Contemporâneas — Portuguese Contemporary Architecture and Art Magazine

Opinião

por: Joana Roxo

“A SENHORA ARQUITECTO”: MARIA JOSÉ ESTANCO

Contribuição para o estudo da 1ª arquiteta portuguesa

imagem

“A primeira arquiteta portuguesa defendeu a tese na Escola de Belas Artes e foi aprovada.” Foi com esta frase que o Jornal o Século anunciou, dia 28 de junho de 1942, a primeira mulher portuguesa a licenciar-se em Arquitetura: Maria José Brito Estanco.

Nasceu em Loulé, em 1905, e viveu toda a sua infância e juventude no Algarve. Começou a sua formação académica ingressando num curso ligado ao ensino liceal e posteriormente ingressou no curso de Pintura na Faculdade de Belas Artes de Lisboa, num período em que a presença feminina no ensino universitário começou a ser mais notória. Com 21 anos, viajou com a mãe para o Brasil e assistiu ao nascimento de uma nova cidade – Marília, Estado de São Paulo - um momento que viria a ser, foi, preponderante para o seu percurso académico. Com determinação, quando regressou a Portugal, inscreveu-se no curso de Arquitetura Civil, sendo a única mulher numa turma de homens. Durante o curso não sentiu qualquer estigma por ser a única mulher, relatando alguns episódios de companheirismo com os seus colegas homens. Em 1942, defendeu o projeto “Um Jardim-Escola no Algarve” para a o Concurso de Obtenção do Diploma de Arquiteto - CODA, tornando-se a primeira mulher portuguesa diplomada em arquitetura. (…)

 (…)

Jun 2019

Outros artigos em Opinião

Imagem - Arquitect@s de todos os países, uni-vos!

Arquitect@s de todos os países, uni-vos!

Há pouco mais de um ano, a 25 de Maio de 2018, em plena Bienal de Arquitectura de Veneza, um grupo de mulheres arquitectas lia o manifesto “Voices of Women”.… 

Jun 2019

Imagem - FEMINAE: ARQUITETURA COMO NARRATIVA QUE DEFINE GÉNERO | FEMINAE: ARCHITECTURE  AS NARRATIVE THAT DEFINES GENDER

FEMINAE: ARQUITETURA COMO NARRATIVA QUE DEFINE GÉNERO | FEMINAE: ARCHITECTURE AS NARRATIVE THAT DEFINES GENDER

  Ver Mapa Projetos Publicados arqa 134  Ana Colling, no livro A Construção Histórica do Feminino e do Masculino, refere que a história das mulheres, é uma história recente como… 

Jun 2019

Arquivo de Opinião