arqa—Arquitectura e Arte Contemporâneas — Portuguese Contemporary Architecture and Art Magazine

Opinião

por: Joana Roxo

“A SENHORA ARQUITECTO”: MARIA JOSÉ ESTANCO

Contribuição para o estudo da 1ª arquiteta portuguesa

imagem

“A primeira arquiteta portuguesa defendeu a tese na Escola de Belas Artes e foi aprovada.” Foi com esta frase que o Jornal o Século anunciou, dia 28 de junho de 1942, a primeira mulher portuguesa a licenciar-se em Arquitetura: Maria José Brito Estanco.

Nasceu em Loulé, em 1905, e viveu toda a sua infância e juventude no Algarve. Começou a sua formação académica ingressando num curso ligado ao ensino liceal e posteriormente ingressou no curso de Pintura na Faculdade de Belas Artes de Lisboa, num período em que a presença feminina no ensino universitário começou a ser mais notória. Com 21 anos, viajou com a mãe para o Brasil e assistiu ao nascimento de uma nova cidade – Marília, Estado de São Paulo - um momento que viria a ser, foi, preponderante para o seu percurso académico. Com determinação, quando regressou a Portugal, inscreveu-se no curso de Arquitetura Civil, sendo a única mulher numa turma de homens. Durante o curso não sentiu qualquer estigma por ser a única mulher, relatando alguns episódios de companheirismo com os seus colegas homens. Em 1942, defendeu o projeto “Um Jardim-Escola no Algarve” para a o Concurso de Obtenção do Diploma de Arquiteto - CODA, tornando-se a primeira mulher portuguesa diplomada em arquitetura. (…)

 (…)

Jun 2019

Outros artigos em Opinião

Notas sobre o ensino da arquitectura

Horácio Manuel Pereira Bonifácio, lisBoa, 1951. licenciado eM História, Pela faculdade de letras da universidade de lisBoa e doutorado eM História da arquitectura, Pela faculdade de arquitectura da utl, coM uMa tese soBre os arquitectos Portugueses da 1º Metade do séc. Xviii. docente da faculdade de arquitectura da utl 1978/ 2011. desde 1993 é Professor catedrático, da área de teoria e História da arquitectura, na faculdade de arquitectura e artes da universidade lusíada de lisBoa. é director da Faculdade de Arquitectura e Artes da Universidade Lusíada de LisBoa, desde 2012. investigador/ coordenador no centro de investigação eM território, arquitectura e design (citad), da universidade lusíada. coordenando uM gruPo de investigação na área de teoria e História. vários artigos PuBlicados na área da História da arquitectura, Portuguesa dos séculos Xvi, Xvii e Xviii, PrioritariaMente teMática do Barroco/arquitectos da éPoca.

Set 2019

Imagem - (Trans) cultura: edifícios culturais: a dinâmica da narrativa urbana | Trans) culture: THE DYN AMICS OF URBAN NARRATIVE

(Trans) cultura: edifícios culturais: a dinâmica da narrativa urbana | Trans) culture: THE DYN AMICS OF URBAN NARRATIVE

[in english below] Atualmente a força e o dinamismo que as cidades concentram no seu território, quer pelo número de indivíduos, quer pelo número de instituições que nela se situam… 

Set 2019

Arquivo de Opinião