arqa—Arquitectura e Arte Contemporâneas — Portuguese Contemporary Architecture and Art Magazine

Projectos

PALÁCIO NACIONAL DA AJUDA, ALA POENTE - EXPOSIÇÃO TESOURO REAL AJUDA, NATIONAL PALACE, WEST WING ROYAL TREASURE EXHIBITION

(…) O projeto de restauro e valorização do Palácio Nacional da Ajuda inclui o remate da ala Poente e a instalação, nesta ala, da exposição permanente do Tesouro Real. Com este projeto não se pretende edificar a volumetria correspondente à versão reduzida do Palácio do projeto do Arq. António Francisco Rosa (1821), com uma arquitetura de conceção simétrica, onde os torreões assumem um papel determinante na composição dos alçados e que obrigaria necessariamente a alterar o perfil e desenho da Calçada da Ajuda, mas assumir uma implantação que vai respeitar os limites atuais da massa edificada do palácio, e a sua relação com a envolvente próxima, coexistindo com o traçado da Calçada da Ajuda e com o Jardim das Damas.

Propõem-se operações de completamento cirúrgico das partes inacabadas por analogia com a construção existente, e justificadas por razões de unidade de leitura, e a adição de um novo volume de remate a poente com uma linguagem não mimética, conforme o preconizado nas cartas e convenções internacionais sobre património. Nos vãos existentes no pátio, a ausência de caixilharias tradicionais permite enfatizar o caráter inacabado da construção e perdurar no tempo as memórias e a história do palácio.

Serão restauradas todas as preexistências com valor patrimonial. O acesso à exposição do Tesouro Real faz-se através da arcada existente que funcionará como rótula de início e final da visita, através das duas portas (norte e sul) existentes neste espaço.

A nova fachada Poente, com desenho e expressão contemporânea, procura restituir a unidade de leitura do conjunto. É utilizada uma composição formal, com referências aos alçados pré existentes, onde se enfatizam as linhas verticais e horizontais, acentuando a marcação da leitura dos estágios das fachadas existentes, que se materializam em diferentes planos das lâminas verticais. São ainda utilizados dois corpos laterais mais elevados, com perfil e altura idêntica à dos torreões norte e sul da fachada Este, essenciais para o equilíbrio do conjunto. (…)

 

The project of restoration and valorization of Ajuda National Palace includes the auction of the West Wing and the installation in this wing of the permanent exhibition of the Royal Treasury. This project does not intend to build the volumetry corresponding to the reduced version of the Palace of the project by António Francisco Rosa (1821), with an architecture of symmetrical design, where the turrets play a decisive role in the composition of the elevations and that would necessarily to change the profile and design of the Calçada da Ajuda, but to assume an implantation that will respect the current limits of the built mass of the palace, and its relation with the surrounding surroundings, coexisting with the layout of the Calçada da Ajuda and the Jardim das Damas.

Surgical completion of the unfinished parts is proposed by analogy with the existing construction and justified for reasons of unity of reading and the addition of a new volume of finishing to the west with a non-mimetic language, as recommended in the letters and conventions heritage. In the existing spans of the courtyard, the absence of traditional window frames makes it possible to emphasize the unfinished character of the building and to preserve in time the memories and history of the palace.

All pre-existences with patrimonial value will be restored. Access to the exhibition of the Royal Treasure takes place through the existing archway that will function as a patella at the beginning and end of the visit, through the two doors (north and south) in this space.

The new west façade, with contemporary design and expression, seeks to restore the unit’s reading comprehension. A formal composition is used, with references to pre-existing elevations, where the vertical and horizontal lines are emphasized, emphasizing the marking of the reading of the stages of the existing façades, which materialize in different planes of the vertical blades. Two higher lateral bodies are also used, with a profile and height similar to that of the north and south towers of the east façade, essential for the balance of the whole. (...)

Arquivo de Projectos