arqa—Arquitectura e Arte Contemporâneas — Portuguese Contemporary Architecture and Art Magazine

Artes

José Pedro Croft na Bienal de Arte de Veneza

por: Arq|a

2017 SERÁ UM ANO PREENCHIDO PARA A ARTE CONTEMPORÂNEA. ESTE ANO REALIZAM-SE TRÊS DAS MAIS IMPORTANTES EXPOSIÇÕES DO PANORAMA ARTÍSTICO INTERNACIONAL: A BIENAL DE ARTE DE VENEZA, A DOCUMENTA DE KASSEL, QUE OCORRE A CADA CINCO ANOS, E SKULPTUR PROJEKTE… (+)

Jun 2017

A pintura que diz casa

por: Paulo Luís Almeida

Um texto sobre pintura coloca sempre um problema para quem escreve e para quem lê: a sequência linear do gesto escrito impõe uma ordem ao pensamento que não é a ordem do gesto que pinta (+)

Mar 2017

(RE) USAR na arte contemporânea: as apropriações de Richard Prince

por: Sandra Vieira Jürgens

Mais do que príncipe, Richard Prince é o rei e pioneiro da arte de apropriação e re-uso de imagens pré-existentes. Desde a década de setenta tem desenvolvido uma prática artística em que, reciclando-as, se apropria de imagens… (+)

Mar 2017

“Pynchon Park” de Dominique Gonzalez-Foerster

por: Sandra Vieira Jürgens

Dominique Gonzalez-Foerster, que trabalha recorrentemente com dispositivos de instalação, com ambientes, imagem, vídeo, filme e música, desenvolvendo uma arte heteróclita e expandida, aberta a outros autores e a outras áreas disciplinares e à… (+)

Dez 2016

Prémios de arte em Portugal

por: Sandra Vieira Jürgens

São vários os prémios de arte existentes em Portugal mas não tantos os artistas portugueses premiados em concursos internacionais, até porque ao contrário do que acontece em áreas como a arquitetura, o cinema, a literatura ou a música, os… (+)

Dez 2015

Arte e Exposições

por: Sandra Vieira Jürgens

Não estamos no centro dos circuitos galerísticos e museológicos, não temos uma bienal inscrita no circuito europeu nem somos muito visitados por “artistas de bienais”, mas nas galerias e museus do nosso país há claramente um bom… (+)

Out 2015

Artistas consagrados e obras icónicas

por: Sandra Vieira Jürgens

É incontornável não assumir que hoje a imagem pública, globalizada e massificada da arte, diz respeito às obras e artistas que circulam no mercado artístico internacional e marcam presença nas grandes galerias, nos leilões ou nas feiras de… (+)

Mai 2015

O que mudou?

por: Sandra Vieira Jürgens

A questão do habitar é sem dúvida a base da prática da arquitetura, mas também um tema recorrente de trabalho na trajetória de muitos artistas portugueses, como Patrícia Garrido, Carlos Bunga, Julião Sarmento, Pedro Cabrita Reis, Ana Vieira,… (+)

Mar 2015

Colapsos e alvos em movimento

por: Sandra Vieira Jürgens

Sendo muitas as hipóteses de abordagem ao tema das dinâmicas e das mobilidades expandidas na arte contemporânea e vários os pontos de reflexão – a mobilidade profissional e geográfica empreendida pelos criadores, agentes e instituições… (+)

Jan 2015

Uma nova geração

por: Sandra Vieira Jürgens

Este texto ensaia uma aproximação a diversas práticas, linhas de trabalho, de pensamento e reflexão produzidas por artistas nascidos na década de oitenta. Propor o que ficará conhecido como as novas práticas artísticas emergentes… (+)

Jul 2014