arqa—Arquitectura e Arte Contemporâneas — Portuguese Contemporary Architecture and Art Magazine

Projectos

SEDE CORPORATIVA DO GRUPO EDP | EDP HEADQUARTERS

Projeto/Project Sede corporativa do Grupo EDP

Cliente/Client EDP

Localização/Localization Av. 24 De Julho, Lisbon, Portugal

Data de Projecto/Date of Project 2008 - 2011

Datas da Obra/Date of Construction 2012 - 2015

Área De Construção/Building Area 46 222 m 2

Área Terreno/Site Area 5 696m 2

Autores/Authors Manuel Aires Mateus, Francisco Aires Mateus

Coordenação/Project Leader Francisco Caseiro, Ana Rita Rosa, Pedro Ribeiro

Colaboradores/Colaborators Mariana Barbosa Mateus, Vânia Fernandes, Paolo Agostini, Francesca Lupo, Marco Campolongo, João Ortigão Ramos, Teresa Mascarenhas, Patricia Marques, Neus Beneyto, Olga Sanina, Luisa Sol, Humberto Fonseca, Humberto Silva, João Esteves, Rita Conceição Silva, Filipa Ferreira, Diana Mira, André Passos, Catarina Bello, João Caria, Carlotta Fantoni, Valentina Del Motto, Francesca Gagliardi, Martina Palocci, Borja Fernandez, Duarte Madrugo, João Pedro Miguel, Mizuho Anzai

Consultores/Consultants Frederico Valsassina, José Maria Assis

Especialidades/Engineer Afa Consult

Construção/Constructor Mota Engil / Hci

Fotografia/Photos Juan Rodriguez e AMA

Manuel Aires Mateus | Francisco Aires Mateus

FACULDADE DE ARQUITETURA DE LOUVAIN


Projecto|Project Faculdade de Arquitectura de Louvain

Cliente|Client UCL, Université Catholique de Louvain

Localização|Localization Tournai, Bélgica

Data de Projecto|Date of Project 2014-2015

Data da Obra|Date of Construction 2015-- 2017

Área de Construção|Builting Area 7 010 m 2

Área Terreno|Site area 5 990 m 2

Autores|Authors Manuel Aires Mateus, Francisco Aires Mateus

Coordenação|Project Leader Jorge P. Silva

Colaboradores|Colaborators Susana Rodrigues, Sara Nobre, Sofia Paradela, Inês Gulbenkian, Bernardo Sousa

Especialidades|Engineer Tradeco

Construção|Constructor Tradeco

Fotografia|Photo AMA e Tim Van de Velde

Manuel Aires Mateus | Francisco Aires Mateus

CENTRO CONVÍVIO DE GRÂNDOLA GRÂNDOLA COMMUNITY CENTER

Projeto|Project Centro Convívio de Grândola

Dono de obra|Client Santa Casa da Misericórdia de Grândola

Localização|Localization Grândola, Portugal

Data de projecto|Date of project 2011-2012

Data da obra|Date of construction 2013-2016

Área de implantação|Surface area 670m 2

Área de construção|Builting area 382m 2

Área terreno|Site area 717 m 2

Autores|Authors Manuel e Francisco Aires Mateus

Coordenação|Project Leader Jorge P. Silva

Colaboradores|Colaborators Marco Campolongo,
Matteo Foresti, Elöd Golicza

Especialidades|Engineer Axial / Três Cês

Construção|Constructor Mateus Frazão

FotografiaPhotos Nelson Garrido

Manuel Aires Mateus | Francisco Aires Mateus

MUSEU CANTONAL DE FOTOGRAFIA E MUSEU DE DESIGN E ARTES APLICADAS CONTEMPORÂNEAS | CANTONAL MUSEUM OF PHOTOGRAPHY AND MUSEUM OF DESIGN AND CONTEMPORARY APPLIED ARTS

Projeto|Project Museu Cantonal de Fotografia e Museu de Design e Artes Aplicadas Contemporâneas

Cliente|Client Lausanne - Pôle Muséal

Localização|Location Lausanne, Suíça

Data de Projecto|Date of Project 2015-2017

Datas da Obra|Date of Construction 2017-2020

Área De Construção|Building Area 14 500m 2

Área Terreno|Site area 4 200m 2

Autores|Authors Manuel Aires Mateus, Francisco Aires Mateus

Coordenação|Project Leader Francisco Caseiro

Colaboradores|Colaborators Daniel Lopez, Bernardo Sousa, Luz Jimenez, Christophe Gourdier, Nicole Addati, Andrea Auerbach, Diogo Castro Guimaraes, Leonardo Marchesi, Vega Solaz Soler, João Ramos, Charles Cossement, Olga Sanina, Mariana Mayer

Especialidades|Engineer Afa Consult

Fotografia|Photos AMA

GONÇALO M. TAVARES

Levantar e iluminar as coisas – a arte dos Espacialistas

(Sobre a arte contemporânea e o espaço da cidade)

Os Espacialistas são um dos colectivos mais entusiasmantes da arte contemporânea.(...) Eles transportam uma forma erudita de sabotagem do espaço; espacialistas-médicos do metro cúbico que andam de branco como curadores dos edifícios: curadores mesmo, que curam, que salvam - como se o espaço fosse o sobrevivente de um naufrágio. (...) Os Espacialistas colocam a história da arte em movimento, como se as cavalgadas em sapato urbano fossem afinal formas de descobrir o modo como as antigas obras de arte foram absorvidas pelo quotidiano acelerado. Se estiveres atrasado, estás na cidade; se tiveres tempo e parares, a cidade torna-se no que é desde há muito: uma sólida história das mais belas artes; um museu contemporâneo e com vida que absorve tudo e tudo absorveu.

Imagens de: OS ESPACIALISTAS NAS REDONDEZAS PRÁTICAS DE ESPAÇO NA CASA DE MONSARAZ, DE MANUEL E FRANCISCO AIRES MATEUS, A PARTIR D'A FENOMENOLOGIA DO REDONDO, DE GASTON BACHELARD

 

BELÉM CLUBE, LISBOA

José Adrião

A intervenção tem como objetivo transformar o edifício existente e devoluto na nova sede do Belém Clube - coletividade de cultura e recreio fundada em 1889, com sede atual na Calçada da Ajuda 76/80, antigo Teatro Luís de Camões. Foi previamente definido pela entidade contratante que o novo programa do edifício deveria conter diferentes áreas funcionais tais como: sala de espetáculos/polivalente, zona de bar,sala de reuniões, sala de direção, biblioteca/sala de informática, sala de trabalho das secções, zona destinada a exposição de troféus, instalações sanitárias comuns, camarins e instalações sanitárias dos artistas, cabine de luz e som e arrecadações. Depois de uma consulta numa fase preliminar à IGAC - Inspecção Geral de Actividades Culturais - verificou-se que uma das questões mais importantes a resolver na adaptação do edifício existente, a sala de espetáculos, seria a questão do ruído, do interior para o exterior, em caso de espetáculos. (...)

 

The intervention aims to transform an existing vacant building into the new headquarters of Belém Clube - a recreational and cultural association founded in 1889 and with its current headquarters in the old Luís de Camões Theatre. Previously defined by the contracting entity that the new building should contain different functional areas, such as: auditorium/multifunctional room, bar, meeting rooms, board room, library/computer room, activities room, trophy area, dressing room, artists sanitary facilities, sound and light cabin and storage. After a preliminary meeting with IGAC (Authority for the Performance Arts) it was clear that the main issue to be addressed in the existing building's adaptation into concert hall/theatre room would be, in case of a performance the question of noise inside-out and vice versa. (...)

SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LISBOA, 2013

Eduardo Souto Moura

Com base na proposta inicial, de requalificação do logradouro do complexo de São Roque e do edifício da "Lavandaria" com a sua adaptação a auditório, pareceu-nos que a introdução de um novo elemento, no logradouro do complexo, seria pretexto de requalificação espacial com a introdução de novos percursos.
Deste modo a solução proposta assenta na construção de um edifício de raiz para o auditório, com capacidade para 200 pessoas, e localizado no extremo Norte do complexo, rematando a praça baixa do edifício da "Lavandaria" e definindo a partir deste, um eixo de simetria entre o existente e o novo auditório, criando um belvedere sobre a cidade e a colina do castelo de São Jorge. (...)

Based on the initial proposal, requalification of the public space of São Roque complex and the "Lavandaria" building with its adaptation to auditorium, it seemed to us that the introduction of a new element in the complex's backyard would be a pretext of spatial requalification with the introduction of new routes.
In this way, the proposed solution is based on the construction of a 200-seat auditorium building, located at the north end of the complex, finishing off the low square of the "Lavandaria" building and defining from there an axis of symmetry between the existing and the new auditorium, creating a belvedere over the city and the hill of the castle of São George. (...)

ENTRE CATEDRAIS, CÁDIS

Alberto Campo Baeza

O projeto "Entre Catedrais" visa criar uma peça de arquitetura capaz de acomodar, proteger, evidenciar e valorizar o lugar mais significativo na história da cidade mais antiga do ocidente: o espaço vazio que existe entre a nova e a antiga catedrais, de frente para o mar, e que está a ser alvo de uma importante escavação arqueológica.
Os objetivos fundamentais são cobrir e proteger a escavação arqueológica. Contudo pretendíamos que o plano que surge sobre as escavações fosse, ao mesmo tempo, um espaço de estadia público de contemplação da paisagem (mar), cuja altura permita a fluidez visual do mar e que não possibilite ver a imagem dos carros que circulam na via marginal (circunvalação de Cádis).
Esse plano é concebido como uma plataforma leve pousada sobre as escavações, à qual se acede por uma rampa lateral. Nesse plano abrem-se vazios (lanternins) de luz, para iluminar e ao mesmo tempo permitir observar as escavações. Acima e ao fundo justapõe-se um pórtico que protege do sol e da chuva, revestido a pedra, com capacidade de dar continuidade às fachadas das duas Catedrais.
Esse "pórtico", em forma de dossel, será construído com elementos leves, metálicos, que nos remetem para uma construção naval, todo pintado de branco, para acentuar a sua leveza. A zona transitável será revestida a mármore, transmitindo a sensação de um tapete. Branco.
Na construção da base, a memória dos navios. No Pórtico, como se se tratasse de um andor suspenso por varões, remetendo para os grandes andores das procissões, queríamos fazer uma bela peça de arquitetura, capaz de valorizar esse local iconográfico, capaz de permanecer na memória de Cádis. (...)

The project "Entre Catedrales" (Between Cathedrals) consists in creating a piece of architecture capable of taking in, protecting and revealing to its best advantage the most significant place in historic Cadiz, the most ancient city of the western world: the empty space between the new and the old cathedrals, facing the sea; a space which is also the site of an important archaeological excavation.
The project's objectives are to cover and protect the archaeological excavation. Additionally, we would like this covering plane to serve as the base for a public area facing the sea, at a height that provides a clear view, so the cars on the access highway cannot be seen.
It is conceived as a light white platform, perched over the excavation, as if on tiptoes, and is reached by a side ramp. On this plane, light holes will be opened, as skylights, so that the excavation can be seen from above. Above, in the back, covering the current party wall, a stone face to provide continuity to the stone façades of the two cathedrals, an awning is constructed to protect us from the rain and sun. The entirety is built with light elements, perhaps metal, as if in shipbuilding, all painted white to accentuate its lightness. The passable area will be carpeted in white marble. The construction of the base recollects ships. The awning above, as if a canopy on poles, recollects a religious procession. We wish to make a beautiful piece of architecture, capable of revealing this marvellous place to its best advantage, capable of remaining in the memory of Cadiz.

Nuno Simões

CENTRO DE INOVAÇÃO DA MOURARIA, QUARTEIRÃO DOS LAGARES

O "Quarteirão dos Lagares" - nome que evoca um passado agrícola de lagares de azeite ou de vinho - viu reforçada a valência habitacional com a reconstrução desta zona da cidade, após o Terramoto de 1755, tendo ainda sofrido alterações pelos arranjos urbanísticos subsequentes.
Por ser um dos raros exemplos de quarteirão com organização espacial medieval, que ainda subsistem em Lisboa - conjunto de complexa volumetria articulado através de diferentes níveis e pátios - detém um relevante valor patrimonial, reforçado pelos achados das campanhas arqueológicas efetuadas de 1999 a 2013 no edificado e no logradouro, que recuperaram vestígios de antigas vivências sociais e económicas, que contribuem para aprofundar a história do bairro da Mouraria, desde a Idade Média.
Originalmente integrava quatro edifícios em torno de um logradouro, na sua maioria do período pré-pombalino, dois dos quais já não existem (C e D). O edifício principal (A) configura uma residência com características senhoriais de que são testemunho os cunhais de cantaria e os vãos de sacada ao nível do andar nobre. O edifício B, mais recente, apresenta vestígios de paredes em taipa, estruturas com valor patrimonial e arqueológico invulgares na cidade de Lisboa. (...)

The CIM (Centro de Inovação da Mouraria) is a hub for creative activities hosted in an ancient building complex situated in Mouraria, a historical quarter of Lisbon. This building complex, with its origins pre-earthquake (1755) was in an advanced state of decay when we were assigned to design the CIM.
The ensemble is composed by the main existing buildings (A and B) and three new constructions (C, D and E). These new parts host the functionalities that the CIM needed, i.e. the vertical connections and sanitary facilities, the multipurpose room and the connection space between A and B.

 

Atelier Pedra Líquida

REABILITAÇÃO DA CASA DOS MARQUESES, VILA REAL

O projeto de reabilitação da antiga Casa dos Marqueses de Vila Real, realizado por encomenda daquele município, visou a instalação de um novo Centro de Informação Turística (CIT), centralizando diversos serviços congéneres, disseminados por outros lugares, mas também a remodelação do Posto de Turismo, localizado no piso térreo do edifício. Do ponto de vista metodológico, o projeto partiu de uma análise profunda das estruturas e dos espaços existentes, tirando o máximo de proveito do seu potencial arquitetónico, mas também dos métodos construtivos precedentes. Preparou-se assim um "espaço-contentor" neutral, de modo a receber a diversidade de futuros "conteúdos" - iluminação, mobiliário, sinalética - já existentes noutros serviços e ali concentrados após a obra.
Este conjunto patrimonial, também conhecido por "Casas da Praça" ou "Casas da Torre", resultou de um longo e intrincado processo de transformação de um palácio nobre, datado do início do século XVI, e que desde pelo menos o século XVIII foi sendo continuamente fracionado e reconstruído, ao "gosto" de cada época, até atingir a sua atual fisionomia, por adaptação ao traçado e alinhamento da Avenida Carvalho Araújo, aquando da sua abertura. Neste sentido, foi difícil identificar, com total rigor, os elementos pertencentes à construção original, ainda assim adivinhada no aparelho de pedra aparente da fachada principal, nas suas curiosas ameias, e, por fim, na sua janela de evocação Manuelina rodeada de vãos mais recentes. Estes, numa expressão de mimetismo compósito, introduzido no início do século XX, fixaram o alçado simétrico que hoje se conhece. Se esse "retalhamento" arquitetónico era percetível no alçado principal, o mesmo se inferiu em relação ao alçado de tardoz, o qual resultou da estratificação de dois pisos em alvenaria de pedra rebocada, coroados por um piso em estrutura de tabique, aproveitando o vão da cobertura. (...) 

The restoration of the former Casa dos Marqueses de Vila Real, commissioned by the municipality, includes a new Tourism Information Centre - integrating several similar services disseminated by other places -, as well as the remodelling of the City's Tourism Office, located on the building's ground floor. From a methodological point of view, the project started from an in-depth analysis of the existing structures and spaces, taking full advantage of their architectural potential but also of preceding building methods. A neutral "space-container" was thus prepared, in order to receive the diversity of future "contents" - lighting, furniture, signage - already existing in other services and concentrated thereafter.
Subsequently to the restoration of the facades and roof - including works of cleaning, waterproofing, insulation and application of new wooden frames -, the interior compartments were renewed according to two principles: the maintenance of the spatial characteristics of each room; and the uniformity of the chosen coatings and colours for ceilings and walls, and also for portals, doorways, baseboards and floorboards. This architectural "neutralization" revealed the elegance of some unique inner elements, such as stair railings, interior windows, and wooden roof structures.